Open/Close Menu Marcos Martins Advogados tem desenvolvido, ao longo de sua trajetória, perfil altamente especializado na prestação de serviços jurídicos.

O escritório é referência para opiniões em diversos veículos importantes da imprensa CONFIRA Na Mídia Ebook LGPD Clique para download Podcast Direito ao Negócio Ouça aqui

Luciana Magnolo Onofre
Advogada do escritório Marcos Martins Advogados

Quando se pensa em um processo de aquisição de empresas pelo comprador há sempre a preocupação e a recomendação de realizar uma análise e investigação na empresa a ser adquirida (targets), uma vez que, com base neste processo investigativo depreendem-se as informações, que estarão refletidas em toda a operação, em especial, no preço de aquisição.  

Esse processo de identificação de passivos e ativos, riscos e sua mensuração são geralmente apontados em um processo de Due Diligencequando existe a potencial operação de compra e venda geralmente requerida pelo comprador. 

Due Diligence busca verificar a robustez financeira e o potencial do negócio que se pretende adquirir para que a negociação acerca da aquisição seja realizada de maneira mais transparente potencializando uma conclusão satisfatória. 

O que muitos empresários não se atentam é que é possível antecipar eventuais questões que possam vir a surgir nas negociações de futura operação de compra e venda, realizando um processo prévio à Due Diligence, chamado de Due Diligence VendorNeste caso, o próprio vendedor fará a verificação das questões de natureza financeira, fiscal, tributária, legal, trabalhista e regulatória, de forma independente, cujo resultado proporcionará uma visão aprofundada da empresa com o apontamento de ajustes, correções e procedimentos a serem adotados a fim de mitigar questões desfavoráveis à empresa e/ ou negócio objeto da venda. 

O foco principal da Due Diligence Vendor é permitir a identificação e tratamento de riscos pelo vendedor para a pretensa operação.  

Trata-se de um trabalho preventivo que poderá resultar em ganhos significativos proporcionando maior controle ao vendedor durante o processo de venda, conferindo mais transparência na negociação, além de economizar tempo no tocante às questões controversas que possam vir a surgir levantadas pelo comprador na futura transação.  

Após o processo de identificação e mitigação de riscos operacionais, a empresa estará mais aderente para a operação de compra e venda e mais preparada para a Due Diligence realizada pelo comprador.  

Em linhas gerais o, o processo de Due Diligence Vendor permite ao vendedor: 

  • análise prévia dos potenciais riscos da empresa antes do envolvimento do pretenso comprador 
  • o tratamento dos riscos mapeados 
  • definição do prazo para a venda e do preço de aquisição pretendido, levando em consideração as dívidas existentes, superveniências passivas e ativas 
  • demonstra estabilidade e preocupação na sustentabilidade do negócio 
  • ajuda na gestão dos objetivos e expectativas traçados para o processo de venda 
  • reduz as chances de não concretização do negócio no decorrer da Due Diligence pelo compradorjá que os riscos estarão mapeados e tratados 

Due Diligence Vendor é um procedimento que garante aos empresários uma visibilidade das suas operações, mas sob o olhar de um comprador, objetivando compatibilizar a pretensão de venda, estrutura legal e documental, riscos mapeados para preparar a sua empresa para uma operação de compra e venda de sucesso. 

O Escritório Marcos Martins Advogados reafirma seu compromisso de parceiro do negócio, encontrando-se à disposição para buscar soluções estratégicas para as necessidades específicas de cada operação, sempre atento às alterações normativas que alcançam os interesses de seus clientes. 

Compartilhe nosso conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
logo-footer