Open/Close Menu Marcos Martins Advogados tem desenvolvido, ao longo de sua trajetória, perfil altamente especializado na prestação de serviços jurídicos.
marcos martins informativo prazos processuais

Heloisa de Alencar
Advogada do Escritório Marcos Martins Advogados

Devido ao atual momento em que a população vive um surto de contaminação pelo vírus Covid-19, foi aprovada no dia 19/03/2020 a resolução nº 313 assinada pelo Ministro Dias Toffoli estabelecendo a suspensão dos prazos processuais até 30 de abril, não se aplicando apenas ao STF e à Justiça Eleitoral.

Foi estabelecido ainda regime de Plantão Extraordinário, que funcionará no mesmo horário do expediente forense regulares, sendo suspenso o trabalho presencial de magistrados, servidores, estagiários e colaboradores nas unidades judiciárias, assegurada a manutenção dos serviços essenciais em cada Tribunal.

As atividades essenciais a serem prestadas, serão definidas pelos tribunais, garantindo-se ao menos a distribuição de processos judiciais e administrativos, com prioridade aos procedimentos de urgência, serviços destinados à expedição e publicação de atos, atendimento aos advogados, procuradores, defensores públicos, membros do Ministério Público e da polícia judiciária, de forma prioritariamente remota e, excepcionalmente, de forma presencial.

Via de regra, o atendimento presencial de partes, advogados e interessados está suspenso, e deverá ser realizado remotamente pelos meios tecnológicos disponíveis.

Powered by Rock Convert

A resolução ainda traz um rol de matérias que serão apreciadas durante o plantão extraordinário:

• HC e mandado de segurança;
• Liminares e antecipação de tutela de qualquer natureza, inclusive no âmbito dos juizados especiais;
• Comunicações de prisão em flagrante, pedidos de concessão de liberdade provisória, imposição e substituição de medidas cautelares diversas da prisão, e desinternação;
• Representação da autoridade policial ou do MP visando à decretação de prisão preventiva ou temporária;
• Pedidos de busca e apreensão de pessoas, bens ou valores, interceptações telefônicas e telemáticas, desde que objetivamente comprovada a urgência;
• Pedidos de alvarás, justificada a sua necessidade, de levantamento de importância em dinheiro ou valores, substituição de garantias e liberação de bens apreendidos;
• Pedidos de acolhimento familiar e institucional, bem como de desacolhimento;
• Pedidos de progressão e regressão de regime prisional, concessão de livramento condicional, indulto e comutação de penas e pedidos relacionados com as medidas previstas na Recomendação CNJ no 62/2020;
• Pedidos de cremação de cadáver, exumação e inumação;
• Autorização de viagem de crianças e adolescentes.

Referência:

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA. Atos Normativos, 2020. Página inicial. Disponível em : https://www.cnj.jus.br/wp-content/uploads/2020/03/Resolu%C3%A7%C3%A3o-n%C2%BA-313-5.pdf. Acesso em: 06/04/2020.

Dúvidas? Fale com nossos advogados.


Compartilhe nosso conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Write a comment:

*

Your email address will not be published.

logo-footer